7 grandes passos para anunciar seu imóvel na internet

E atrair rapidamente as propostas que deseja receber

Mesmo que você consiga encontrar um bom site para anunciar imóveis grátis na internet, ainda assim precisa entender que empregar técnicas fortes de marketing é muito importante para garantir que a sua propriedade possa rapidamente atrair boas propostas.

Acompanhe o post e descubra sete grandes passos para anunciar o seu imóvel na internet.

1. Tire fotos da fachada da propriedade

Hoje, a maioria dos interessados em comprar ou alugar uma propriedade começa a sua pesquisa em casa mesmo, pela internet, e nessa hora, boas fotos de fachada são essenciais para que o seu anúncio possa fazer a diferença dentre tantos disponíveis na web.

Entenda que os compradores são visuais. Por isso, não se esqueça de tirar algumas fotos da fachada do seu imóvel.

Para te ajudar, veja algumas dicas para que as imagens fiquem dez vezes melhor que a da concorrência:

– Corte calçadas e ruas das fotos.

– Remova veículos da entrada da propriedade.

– Faça closes e tire fotos em ângulos diferentes.

– Evite que sombras apareçam nas fotografias (por isso é bom tirar fotos pela manhã).

Quer exemplos de boas fotos de fachada? Veja esses anúncios de sobrados para alugar !

2. Tire fotos de outros aspectos externos

Registre imagens da piscina, do quintal, da churrasqueira e do que mais tiver na área externa da propriedade. Caso você queira vender ou alugar um apartamento, busque tirar fotos das comodidades que o condomínio oferece, como a recepção, o salão de festas, a quadras de esportes e a academia, por exemplo.

Acredite: se a sua propriedade tiver uma boa área externa, os compradores vão querer conhecê-la.

Veja algumas dicas de como arrasar nas fotos:

– Enfatize o espaço tirando fotos em plano geral.

– Apare a grama e arbustos antes de tirar as fotos, se houver.

– Remova rastros de animais de estimação.

– Guarde os brinquedos das crianças.

– Evite fotos debaixo do sol.

3. Tire fotos do interior da propriedade

Um anúncio de imóveis sem fotos ou apenas com imagens do exterior geralmente é ignorado. Para que o seu anúncio não seja desprezado, acrescente a ele fotografias de todos os quartos.

Mesmo que você ache um ou outro quarto feio ou pequeno demais para tirar fotos, registre algumas imagens de qualquer maneira. Quem sabe você não se surpreenda com a qualidade das fotografias e as utilize no anúncio também.

Fotos de interiores são ainda melhores quando há móveis e alguns objetos pessoais na casa, pois ajudam o comprador a já ir se imaginando morando no local. Na internet, busque por imagens de um apartamento mobiliado para alugar, por exemplo, para ter uma ideia de cenários e decorações que você pode criar na propriedade que deseja vender.

Veja algumas dicas de como tirar fotos de interiores:

– Abra cortinas e persianas.

– Ligue as luzes.

– Concentre-se em detalhes interessantes, como o brilho do lustre e do piso de madeira.

– Remova as latas de lixo e feche a tampa do vaso sanitário.

– Use arranjos florais nos quartos, cozinha e sala de estar.

– Evite fotografar espelhos, pois você poderá acabar saindo na foto.

4. Seja detalhista

Não são só em fotos que você deve investir para que os compradores se lembrem do seu anúncio. Também é muito importante utilizar bem a área disponível para a descrição do imóvel.

Quanto mais extensa puder ser, melhor. É claro que você deve começar com os itens mais importantes, como número de quartos, vagas na garagem e valores do aluguel, condomínio e IPTU.

Se a sua propriedade estiver sendo colocada à venda e, por acaso, você ainda deve alguma coisa ao banco, descreva a situação no anúncio também. Pode ter certeza que todos os compradores irão admirar a sua sinceridade e honestidade.

Caso o comprador realmente esteja interessado na propriedade, nós garantimos que ele vai querer ler a lista do início ao fim e, ainda estando na fase da pesquisa, poderá comparar a descrição do seu imóvel com a de outros que encontrar posteriormente.

Se quiser ter uma ideia de como montar a descrição da sua propriedade, busque por exemplos em anúncios de apartamento mobiliado para alugar em Curitiba.

5. Ofereça um tour virtual

As visitas virtuais não são apenas para exibir aqueles sobrados para alugar em Curitiba que são o olho da cara. Cada casa pode ter o seu próprio tour virtual, ainda que tenha apenas dois quartos e um banheiro para mostrar.

Para fazer o tour, é bem simples. É só gravar um vídeo andando pela propriedade e mostrando os cômodos. Há algumas empresas especializadas em fazer tours em 360º, que também apresentam um resultado muito bom.

Dependendo de como preferir gravar o tour, você pode adicionar música ou preparar um texto para ir falando enquanto o tour vai se desenrolando.

6. Invista em e-mail marketing

Quando decidir anunciar um imóvel na internet, não fique sentado esperando uma resposta. Se ela ainda não veio, você sempre pode apelar por mais publicidade. Quando tiver tempo, faça uma lista com e-mails de amigos, colegas de trabalho, familiares e conhecidos.

Mande a eles um aviso de que está pensando em vender ou alugar uma propriedade e gostaria de saber se algum deles está interessado na oferta. Ao enviar o e-mail, fale tudo o que tem a dizer no corpo da mensagem.

Profissionais de comunicação não indicam anexar textos nem imagens, pois muita gente nem abre com medo de ser algum tipo de vírus.

Se não tiver muito tempo para criar mensagens personalizadas para cada um dos seus contatos, pode criar um texto genérico ou, ainda, aproveitar o que deixou na descrição do imóvel no site de anúncios que escolheu.

7. Providencie e-flyers para as suas redes sociais

Os e-flyers, ou panfletos eletrônicos, são muito utilizados para a divulgação de festas e promoções de empresas privadas. Você provavelmente já deve ter visto um monte, mas pode ser que ainda não soubesse que esses anúncios se chamavam assim.

Geralmente quem faz esses e-flyers são profissionais do ramo da publicidade. Eles são bem fáceis de se encontrar na internet. Caso não conheça nenhum, é só pesquisar por e-flyers no Google.

Esses panfletos eletrônicos não costumam ser muito caros para serem produzidos e são uma ótima ferramenta de marketing, pois podem ser facilmente compartilhados nas redes sociais e você ainda pode marcar os seus amigos na publicação.

Compartilhe o post!