Educação financeira: Saiba como colocar suas finanças em ordem

A Educação Financeira pode fazer a diferença nas finanças de muita gente, claro que às vezes as pessoas podem passar por imprevistos que as levem a contrair dívidas.

Porém, até mesmo para esse tipo de situação se faz necessário ter calma e conhecimento para optar por créditos com taxas de juros baixas e melhores condições de pagamento, isso pode ser crucial para que sua situação não fique ainda mais complicada.

Confira aqui neste artigo algumas dicas de educação financeira que podem te ajudar a sair do sufoco e a realizar os seus sonhos financeiros, confira!

Fonte da Imagem: Website megafrases

Dicas de educação financeira #1: faça um planejamento

Um dos passos mais importantes para ter suas finanças em ordem, é fazer um planejamento financeiro.

Primeiramente organize seus gastos em essenciais, subtraia este valor de seus ganhos e apure quanto você tem para outros gastos ao longo do mês.

Se planeje de forma a não extrapolar seu ganho mensal e se possível guardar parte do dinheiro para eventuais imprevistos que possam vir a ocorrer.

Outro ponto importante, é frequentemente avaliar se todos os gastos feitos foram realmente necessários e quais atitudes podem ser tomadas para gerar um resultado ainda melhor para sua saúde financeira.

Dicas de educação financeira #2: tenha paciência

Não seja imediatista! Pense apenas nas metas que você colocou para si dentro de um curto ou médio prazo e faça de tudo para alcançá-las.

Da mesma forma, não desanime caso tenha cometido algum deslize. Nesse caso, apenas siga em frente com seu planejamento.

Dicas de educação financeira #3: mude hábitos agora

Para começar uma nova vida financeira, você terá que abrir mão de muitas coisas. Entre elas, hábitos que você alimentou por anos a fio, como almoçar fora ao invés de levar a sua própria comida para o trabalho, como tomar um café no Starbucks antes do expediente, entre outros.

Sabemos que mudar os hábitos é um enorme desafio, mas também entendemos que essa mudança radical é possível. E que você pode iniciá-la agora mesmo.

Dicas de educação financeira #4: evite contrair dívidas

Essa dica pode parecer óbvia, mas não é. Principalmente quando falamos de um país em que quase 64 milhões de pessoas são inadimplentes.

Claro que evitar as dívidas nem sempre é possível. Nesses casos, opte sempre pelas opções de crédito com as menores taxas de juros e condições de pagamento.

Dicas de educação financeira #5: evite parcelamentos

Embora a ideia de fazer parcelamentos e ganhar prazo para efetuar o pagamento de suas compras seja bem atrativo, isso pode se tornar em uma grande armadilha para os mais desorganizados.

Imprevistos que cause a impossibilidade de arcar com as parcelas do cartão ou simplesmente o esquecimento da data de vencimento das faturas, resultam na cobrança de taxas altíssimas de juros, que podem fazer suas contas virarem uma verdadeira bola de neve.

Sendo assim, quando tiver parcelamentos a pagar, redobre seus cuidados, pague suas faturas em dia e fuja dos juros. Consulte neste site diversas informações sobre 2° via.

Dicas de educação financeira #6: viva com qualidade

Lembre-se sempre que o dinheiro é apenas um meio para que você consiga viver com qualidade.

Por isso, não abra mão de uma boa alimentação e da prática de exercícios físicos. Aliás, essa é uma forma de evitar despesas com saúde.

Considerações finais

Assim, podemos concluir que você também pode conseguir realizar seus sonhos de consumo, mesmo que não tenha uma renda tão alta.

De fato, com a aplicação das dicas financeiras que oferecemos aqui, você pode fazer seu dinheiro trabalhar a seu favor!

E você, como tem planejado seus gastos mensais de maneira a propiciar valores para a realização de seus planos? Aproveite o espaço abaixo e compartilhe a sua experiência com os leitores do nosso blog!